sexta-feira, 19 de março de 2010

Fundação Luterana de Diaconia Esta Recebendo Projetos

Fundo Brasil de Direitos Humanos Recebe Projetos

O Fundo Brasil de Direitos Humanos é uma fundação de direito privado, 100% brasileira, que visa contribuir para a promoção dos direitos humanos no Brasil.

Com uma proposta inovadora, pretende impulsionar as atividades de pessoas e pequenas organizações não governamentais voltadas para a promoção e defesa dos direitos humanos no país, criando mecanismos sustentáveis de doação de recursos.

O compromisso da fundação é fortalecer especialmente aqueles que possuam condições de fazer a diferença e de colocar em prática propostas criativas, com grande potencial de impacto local na luta contra a discriminação. Confira o edital no link abaixo:

http://www.fundodireitoshumanos.org.br/que.jsp

Violência em Alta

Uma onda violência tem tomado conta do estado do acre, um estado que nos últimos anos tem recebido grande investimentos na área de segurança publica e que também tem feito grande mudanças no sector como diz a secretaria de segurança Marcia Regina. Mesmo assim os assaltos continuam, homicídios também, o trafico de drogas nem si fala, acho até que o estado perdeu essa guerra para o trafico de drogas pois a cada dia que vemos números alarmantes, que e consequência de tanta violência em meio ao envolvimento com o trafico de drogas associada com a falta de extrategia no sector e politicas sociais bem executadas dentro da sociedade. Em meio a tanta violência a quem ache ainda que no acre esta tudo mil maravilhas. Tanta violencia no transito e um absurdo para um estado como o acre, principalmente nas duas maiores cidades do estado, Rio Branco e Cruzeiro do Sul. Lenbrando aqui que esta semana aconteceu mais um fato lamentavel vitimando uma criança e deixando sua mãe gravimente ferida, a batida frontal com o carro da exiliar de odontologia tatiana que matou seu filho de apenas 7 anos de idade na hora, si deu segundo a policia e testemunhas do local devido a um racha entre dois caminhões. Vemos umas familias tristes e outras ilutadas pelo fato de terem perdido um familiar. Sequelas e perdas irreparaveis fazem parte ainda de muitas familias no acre.


jocivan santos

terça-feira, 9 de março de 2010

Fuga

Falando ainda de violência contra a mulher o assassino da merendeira Rosangela Cavalgante Mendes, fugiu do presidio de segurança máxima António Amaro, na manhã de sábado 6. Cláudio Gomes da Silva 49, foi condenado a 20 anos de prisão por homicídio, o mesmo matou sua esposa quando ela chegava em casa de uma culto evangélico, a golpes de faca na frente dos filhos.

Eu lembro que para prende esse cidadão a policia teve o maior trabalha tendo que ir busca-lo fora do estado, fazendo o cumprimento do mandado de prisão no estado do amazonas.

Agora sistema penitenciario do acre deixa um sujeito desse fugir um trabalhado a mais para policia.

Procurado

A policia da capital e também do interior do estado do acre, procura Andre Raimundo da Costa 41, o mesmo matou sua namorada Ely Felipe de Souza 24, com um tiro da cabeça, no ultimo fim de semana, por não aceitar o fim do relaciomento. André Raimundo que e fiscal da vigilancia sanitaria municipal, ainda esta foragido. A família da jovem Ely pede justiça para o caso.

Tivemos ai neste ultimo fim de semana, véspera da data em que se comemora o dia internacional da mulher, mais um crime bárbaro e covarde que vitimou a joven Ely Felipe de Souza, que não teve chance nenhuma de defender sua vida. O assassino tirou sua vida de forma cruel, brutal, e covarde atirando na cabeça da jovem por trás. Engrossando ai os índicesviolência contra a mulher no estado do acre e no Brasil. de

terça-feira, 2 de março de 2010

Moção de Repudio

"Nós, Mulheres Trabalhadoras Rurais, o Conselho Estadual dos Direitos da Mulher e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, reunidas no Seminário Regional de Empreendedoras Rurais da Amazônia, temos escutado na Rádio Difusora Acreana, durante esta semana, novamente músicas de caráter machistas, com linguagens sexistas, que fazem apologia a violência e a sexualidade da mulher, músicas estas que haviam sido retiradas da grade dos programas na diretoria anterior, período em que fizemos uma Moção de Apoio parabenizando a referida rádio pela atitude tomada.

No entanto, hoje vimos nos manifestar nosso repúdio a todas essas músicas que contribuem para as desigualdades e opressão das mulheres, como também, a conduta da Rádio Difusora Acreana, que acaba, indiretamente, contribuindo para a violência contra a todas as mulheres acreanas.

Essas músicas fazem parte da mercantilização das emoções humanas. Começaram a ser produzidas pela indústria fonográfica nos anos 80 para, justamente, dominar as emoções das pessoas e, estrategicamente, escravizar a mulher.

Temos a certeza de que os princípios da emissora nunca foi esse em seus 65 anos de existência.

Portanto, não podemos ficar quietas sem demonstrar a nossa indignação por atitudes como estas. A Rádio Difusora Acreana tem o papel de contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária. De apresentar para seus ouvintes que é possível criar uma nova forma de fazer rádio.

Assim, no cumprimento do nosso papel na luta pela garantia dos direitos humanos, e principalmente das mulheres, solicitamos que sejam providenciadas medidas urgentes no tocante a grade musical dos programas da referida rádio, afim de que não desrespeitem as mulheres do Acre.

Estamos nos aproximando da data que marca simbolicamente 100 anos da nossa luta, o 08 de março – Dia Internacional da Mulher, e não podemos nos isentar de contribuir para a construção de um estado democrático de direito, da paz, mas que sobretudo, traga a garantia aos direitos humanos e a justiça social para mulheres e homens.

Rio Branco, 26 de fevereiro de 2010.

Atenciosamente,

Fórum de Mulheres do Alto Acre e Capixaba

Movimento das Trabalhadoras Rurais no Acre

Conselho Estadual dos Direitos da Mulher - CEDIM

Conselho Municipal dos Direitos da Mulher - CMDM

Rede de Mulheres Empreendedoras Rurais da Amazônia - RMERA"